quarta-feira, 23 de março de 2011

ADULTOS: vida boa, casa nova, muito amor!

Alguns fofos, ilustres carinhas que já estão hoje nos seus próprios reinos encantados, repletos de amor! Todos adotados adultos, muito bem adaptados, tanto com seu novo lar como com seus novos manos felinos, caninos ou humanos!! Para contrariar aquele papinho besta: "eu queria um filhotinho bem pequenininho para se adaptar aqui em casa..."

Acima, Bernardo (adulto, idoso, especial - sem uma patinha), junto com os novos manos. Nunca tinha tido uma cama assim, nem essa moleza de ficar trocando os canais... Na última foto, dormindo bem belo mostrando a paletinha já mais gordinha, e os dois manos por ali pertinho...

Butiá, que antes era o Menino, um dos órfãos da D. Maria, era magricelo, fininho... Tá super bem com o mano Azeitona, um pretão gordo e lindo, de certa idade, adotado também adulto do mesmo caso. O Butiá foi adotado meses após o Azeitona, tempo em que ficou em casa de passagem com outros manos, e desde a chegada nem se estranharam...

Tequila, a ex-Alminha, foi adotada já adulta após sua "ressureição". Estava quase morta quando a resgatei, parecia que já nem respirava... Adotada adulta, foi recebida por um mano lindão adulto. Em poucos dias já brincavam juntos e sentiam a falta um do outro quando não estavam na mesma peça da casa!

A Amélie hoje tem seu próprio reino encantado: a Amelilandia, onde ganha muito amor, carinho, comida da boa, brinquedos e cuidados mil!! Olha aí, ela tem até computador sempre ligado aqui nas novidades!!

Mustafá!! Esse tigrão metido a Bengal, de olhos esmeraldas e enormes caninos, foi resgatado lá da D. Eva. Se achou com o mano Zooboo (que já era o dono e único gato da casa), tão grande e fofo como ele! Os dois são os melhores amigos, brincam, correm um atrás do outro, se provocam, e se dão banho. Vê se pode, tanta doçura nestes gorduchos imensos. E se conheceram assim, adultinhos!!

Olívia, uma linda adotada pela Márcia, um dos primeiros casos de adoção de adultos lá da D. Eva. Lembro até hoje do dia que fui de carona com a amiga Lisandra levar as primeiras 5 felinas fêmeas para castrar, um calorão... Todas fizeram nº1 e nº2 dentro das caixinhas de transporte, dentro do carro, de medo!! E nós não achando a clínica, não aguentando mais, o calor e o cheiro, haha! A Marcia, que já tinhas 5 felinos adultos, viu a fotinho da Olívia (que se chamava Princesa), toda desmilinguida, pelo feio, e a chamada para adoção especial: dificuldade de visão ou neurológica (rodava entre si, não saia de cima dum sofá velho da Eva, nem para comer), problemas urinários... Buscou ela junto comigo, de carona, lá em GVT na clínica, após castração. Hoje ela tá essa gata de cinema, sem nenhum problema de saúde, nenhum!! Era stress por falta de vitaminas, melhores cuidados e por viver em ambiente mais hostil, com muitos cães.

Zoé, ex-Monica, vivia na casa dos 60 gatos órfãos também. Foi adotada pela Marilene, que nem se importou com sua condição especial, pelo contrário, foi o que bastou para lhe querer tão bem...

A Jade é essa fofa aí da frente! Foi uma das primeiras adotadas deste caso, quando os papis novos viram ela nuam simples fotinho feia, em cima duma máquina de lavar velha, no meu primeiro apelo de ajuda dos animais órfãos que estavam na casa, passando muita necessidade!! Nossa, que linda que está, a cada dia mais. Tornou-se a princesa de seu reino, fazendo companhia ao já residente Sid, um himalaio todo fofo e querido, o príncipe que ela estava esperando!! (opa, são castrados viu? ; D)

Olha aí a prova: para criança pequena, nada melhor que gato adulto! Nada de filhote espoleta, que sai caminhando com unhas fininhas pelo corpo e arranhanbdo sem querer, com medo de apertão, que corre e pula por aí, deixando tudo mais agitado ainda! O fofinho Lucas, pequenino assim, de cara ganhou dois amigões para viver com ele e sua mamãe no apartamento: O Zig Zig (ex-Orelha) e o Tutsi, que chegaram juntos, adultos e castrados. Ensinaram o Luquinhas a ronronar, tomar agua com a linguinha e contar a história de onde eles vieram, de uma casinha, onde a mamae deles foi pro céu, daí a dinda Thiane regatou e a mamae viu eles e pensou em adotar e assim por diante... Uma história linda, de final feliz, que já foi repetida várias vezes na hora de dormir!

Ah, tem muito mais né, ilustrei apenas alguns aqui, senão o post fica longo e ninguém vai adiante nas demais informações!! Quer saber mais coisas legais? Tem a outra amiga Márcia e a filhinha Duda, que hoje tem 8 felinos adotados. Três deles são do caso da falecida D. Maria: Pompom, Kitty Maria e Panda (estes dois últimos adotados já com idade avançada). Olha aqui o blog deles: http://meusgatosecaes.blogspot.com/p/meus-gatos.html

E tem a turma da Ruth também, do mesmo caso citado. São três fofos adotados adultos, hoje lindos!! Olha aqui no álbum do Picasa!!

Pois é, mas há de ter olhos especiais e enxergar a beleza que ainda virão a ter, após anos de abandono ou maus tratos... Gatinhos de cinema que o amor curou, inclusive esteticamente!!

4 comentários:

Meu nome é Karen, disse...

Nossa, que post delicioso... que sensação boa, ver os bixanos felizes, com a segunda chance que você promoveu a eles...
Isso recompensa tudo que passamos para continuar a agir em porl deles né?!!

Bjinhos

Márcia disse...

Oi Thiane!

Que lindo e maravilhoso ficou essa divulgação, amei.]
Que lindas as adoções dessa pessoas marvailhosas também, Parabéns a todas elas! E, obrigado pela inclusão.
Que todos esse sejam sempre felizes na nova casa, e se surgirem mais, que encontrem pessoas marvailhosas como essas, pois o sentimento de gratidão dos adultos adotados não tem explicação!!
Bj a todos,
Márcia, filhinha Duda e peludos

Cláudia disse...

Linda postagem! Só senti falta de uma fotinho do Mico...rsrs

Parabéns pelo trabalho.
Bjos.

Matka Kočka disse...

Haha, é que o Mico (ex FlapJack) era filhotinho ainda, este era um post só dos adotados já grandotões!
Ciumenta!
; )